06/10/2014

Além das Cores

Este ano a economia nacional não crescerá da maneira esperada. No entanto, o fraco desempenho do PIB não está atrapalhando muito os fornecedores de masterbatches atuantes do mercado brasileiro. Os resultados nem sempre estão muito bons, mas também estão longe do desastre, em que pese o fato de esse nicho de atuação, bastante pulverizado, carecer de estatísticas confiáveis.

O sentimento positivo é extraído das informações de alguns representantes de empresas conhecidas, casos da Cromex, ProColor, Termocolor, Cristal Master e Aditive. Embora reconheçam ter passado por momentos de dificuldade durante os primeiros seis meses do ano, essas empresas estão longe de demonstrar grande insatisfação com o desempenho de suas vendas. Entre elas, algumas apresentaram crescimento significativo. Para o segundo semestre, a expectativa é otimista. Trata-se do período do ano cujos negócios historicamente se aquecem para as empresas do ramo.

Não há dúvidas de que o faturamento obtido com a venda de commodities é mais significativo. Os volumes comercializados são bem maiores. Por outro lado, a pesquisa e desenvolvimento de formulações mais sofisticadas é preocupação unânime. A ordem é criar soluções para satisfazer as necessidades do mercado e, de quebra, engordar as receitas. Quanto mais sofisticado o produto, maior o valor pelo qual é oferecido.

Uma preocupação diária é desenvolver cores diferenciadas para atender o desejo dos compradores. Os clientes do mercado de embalagens estão entre os que procuram isso com frequência. Uma cor exótica pode dar grande destaque a um produto na gôndola de um supermercado, por exemplo. Como quase todos os fabricantes também produzem aditivos variados, desenvolver compostos com masterbatches voltados para fazer os plásticos adquirirem propriedades diferenciadas é outra vertente importante da pesquisa dos especialistas no assunto.

Razoável – As vendas da Cromex no primeiro semestre não foram lá essas coisas e nem decepcionaram. Ficaram dentro das expectativas. “O crescimento no primeiro semestre foi pequeno frente ao mesmo período do ano passado”, resume Marcos Pinhel, diretor-comercial. O desempenho um tanto tímido, na opinião do dirigente, se deve às dificuldades vividas pelo setor automobilístico e o de linha branca.

Tudo deve melhorar no segundo semestre. “As expectativas são boas. Há uma melhora esperada após a Copa do Mundo”. Os primeiros resultados depois do torneio do futebol comprovam a tese. “Vimos isso ao longo do mês de julho, nossos clientes estão voltando depois das férias a operar com capacidade acima da do primeiro semestre”. Outro fator anima Pinhel. “O número de dias úteis nesse terceiro trimestre será maior”.

A Cromex é uma empresa brasileira fabricante de masterbatches de cores e aditivos para plásticos. Seus produtos são fabricados em duas plantas industriais localizadas em São Paulo-SP e Simões Filho-BA, perfazendo a capacidade total de produção de 132 mil t/ano. O portfólio da empresa inclui mais de 13 mil cores e aditivos projetados em seus próprios laboratórios para atender 18 segmentos diferentes de transformados plásticos.

Para o diretor-comercial, as empresas de masterbatch precisam estar atentas tanto ao mercado de commodities quanto ao de especialidades. Há procura para todos os produtos. Por isso, a Cromex se diz preparada para atender aos pedidos mais diversos. Com esse espírito, sempre surgem novidades. “Desenvolvemos novos aditivos e cores da linha Dispermix para o mercado de embalagens PET, e também para polietilenos e polipropilenos”. As fórmulas se aplicam para os clientes envolvidos com os diversos processos de transformação.

O raciocínio vale também para a linha de aditivos. “Recentemente alteramos nossos aditivos para produtos de terceira geração em auxiliares de fluxo, novas formulações para antiestáticos e deslizantes, entre outros. Também temos novas formulações para os mercados de plásticos de engenharia”. As novidades não param por aí. “Estamos desenvolvendo projetos tanto em nossos laboratórios como em parceria com clientes e fornecedores”. A promessa é de uma grande surpresa. “Novos negócios estão nos planos. Faremos um grande anúncio durante a Interplast”, promete.

Para garantir o sucesso desses empreendimentos, a Cromex realizou investimentos nas suas duas nossas unidades fabris. “Diversas melhorias foram realizadas no laboratório de desenvolvimento de produtos, como a aquisição de novos equipamentos”.

Veja a matéria na íntegra: Plástico Moderno

Distribuidores Cromex

Fale Conosco

Como podemos ajudá-lo?